1 de jun de 2013

Homem mais forte do Brasil vai tentar puxar avião de 54 toneladas

 
 
O atleta Marcos Mohai, vencedor do Campeonato Brasileiro de Strong Man, que ocorreu em fevereiro de 2013, e considerado o homem mais forte do Brasil, vai enfrentar um novo desafio nos próximos meses. Ele quer puxar um boeing com peso entre 35 e 54 toneladas. Marcos também é vereador em Peruíbe, no litoral de São Paulo.
Depois de dezenas de títulos nacionais e internacionais, o atleta diz que esse é um desafio pessoal. "Eu queria fazer algo diferente e tive essa ideia. Não será um feito inédito. Outros atletas já fizeram isso pelo mundo. Existe até um recorde, mas a intenção não é bater essa marca. Mas, se eu conseguir puxar o avião por 15 metros em menos de um minuto, o recorde será batido", explica.
Mohai diz que a ação vai exigir muito de seu preparo físico. "Hoje eu estou com 150 quilos, mas preciso ganhar, até lá, pelo menos mais 12 quilos, para poder exercer a tração de 2,8 toneladas necessária para mover o avião. Ao todo, serão quatro meses de treino específico. A parte mais difícil é tirar o boeing da inércia. Tem que ser muito preciso e exige concentração extrema. Vou usar um colete e uma corda de apoio", diz o atleta.
O vereador conta que ainda não há uma data marcada, mas a tentativa deve acontecer nos próximos meses. "Ainda estou escolhendo a aeronave que vou usar. Já existem algumas agências interessadas, de todo o país, e precisamos analisar a melhor logística. Também é preciso autorização da Infraero. Quero utilizar um boeing ainda em atividade, mesmo que esteja em manutenção. Já tive propostas para usar aviões desativados, mas não é essa a ideia", conclui.
Trajetória
Marcos, natural de São Bernardo do Campo, se tornou o homem mais forte do Brasil por acaso. Alguns problemas de saúde o levaram ao esporte. Logo quando criança, os médicos aconselharam os pais dele a morarem em um lugar com um clima melhor por conta de problemas respiratórios. Por isso, se mudou para a Estação Ecológica Jureia Itatins, em Peruíbe.
Em 2004, ele passou a competir no Strongman, esporte que testa a força de diversas maneiras. São várias provas em que o atleta movimenta pedras, estruturas metálicas e até veículos, como carros e caminhões. Quem carregar mais peso, da forma mais rápida possível, é considerado o vencedor.
Mohai se tornou um atleta renomado na modalidade e queria passar bons exemplos e dar oportunidade para outras pessoas conhecerem o esporte e melhorarem de vida, como aconteceu com ele. Mesmo com muitos projetos, ele não conseguia apoio, até que, em 2012, conquistou os eleitores nas urnas e se tornou vereador em Peruíbe.
Ele acredita que a eleição foi conquistada não só pelo grande carinho que tem com os moradores, mas também por sempre levar o nome da cidade e porque ganhou a confiança de muitas pessoas que acreditaram em suas ideias. Uma delas é ajudar no desenvolvimento da cidade, por meio do esporte.
 
Fonte: http://meiradopt.blogspot.com.br/2013/06/homem-mais-forte-do-brasil-vai-tentar.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário