27 de dez de 2014

Contagem regressiva...

Que venha 2015!

Olha a careta...

Cachorro com habilidades...

Boa ação com os Animais...

É comum ver cachorro na rua, muitos deles não tem um dono. Que tal ser um amigo.

                                          

21 de dez de 2014

Relembrando o dia!

Em 2014, graças a Deus conquistei o ultimo degrau: Líder Master Avançado.

A cerimônia aconteceu na IASD do San Rafael II.

Benção em 2014, conquista da casa.


Formatura Tecnico em Logistica

Após um bom tempo de estudo, enfim a colocação de grau.


7 de dez de 2014

Cientistas alertam para asteroides e dizem que Terra está na 'linha de tiro'

Um grupo de mais de 100 cientistas, astronautas e líderes empresariais pede às autoridades o desenvolvimento de um sistema de monitoramento e destruição de asteroides que coloquem em risco a vida no planeta Terra.
Reunidos em um evento no Museu de Ciência de Londres para lançar o Dia do Asteroide, a ser celebrado a partir de 2015, os cientistas alertaram para o "catastrófico" risco de um impacto.
"Há um milhão de asteroides no sistema solar que têm o potencial de atingir a Terra e destruir uma cidade inteira. Até agora, localizamos menos de 10 mil - somente 1% - deles. Mas temos tecnologia para mudar esta situação", declarou Martin Rees, professor emérito de Cosmologia e Astrofísica da Universidade de Cambridge. Ao lado de nomes como o guitarrista da banda Queen, Brian May, também doutor em astrofísica, Rees listou as sugestões do grupo de cientistas:
  • Empregar a tecnologia disponível para detectar e monitorar asteroides com traçado próximo à Terra e que representem ameaças à população através da ação de organizações filantrópicas e governos.
  • Acelerar em 100 vezes a descoberta e o monitoramento de asteroides que circulem próximos à Terra para um número de cerca de 100 mil (descobertas) por ano nos próximos dez anos.
  • Adoção global do Dia do Asteroide, em 30 de junho, para aumentar a consciência sobre os danos que os corpos celestes poderiam provocar e sobre a necessidade de prevenção.
Embora diga que este tipo de fenômeno é improvável, o astrofísico afirma que a Terra está "na linha de tiro".
Já o guitarrista e astrofísico Brian May disse que, embora as chances sejam pequenas, "basta um asteroide" em um milhão com risco de acertar a Terra para que ocorra uma tragédia global.
"Um corpo de 200 metros de diâmetro que caia no oceano pode provocar tsunamis que poderiam devastar toda a costa Leste dos Estados Unidos e uma parte da Europa", agregou Martin Rees.
"A cada dez milhões de anos, um corpo de alguns quilômetros de diâmetro - um asteroide ou um cometa - vai acertar a Terra, causando uma catástrofe global equivalente a milhões de bombas atômicas", concluiu Rees.


Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/12/141205_asteroides_protege_rp

Como a conexão 5G mudará o mundo

Quando começarmos a usar roupas que se conectam à internet, comprarmos carros sem motorista que se comunicam com outros carros para evitar acidentes e usarmos latas de lixo que nos avisem quando estão cheias, vamos precisar de uma conexão de internet muito mais rápida. Por isso começou a corrida mundial para desenvolver a internet 5G, a quinta geração de conexão móvel. Os cientistas envolvidos nesta corrida estão muito entusiasmados pois, desta vez, vão fazer tudo diferente.
A conexão 5G permitirá a existência de um mundo de cidades inteligentes e interconectadas, cirurgias realizadas à distância, com o uso de robôs e a imersão na internet das coisas (IoT, na sigla em inglês), ou seja, a interconexão digital de todos os nossos objetos cotidianos. Este cenário será comum em apenas seis anos: cientistas, governos e empresas de comunicações investigam e fazem planos para começar a usar o 5G a partir de 2020. Os especialistas acreditam que, até lá, o número de conexões que temos hoje em dia poderá se multiplicar por dez.
"Antes se falava que em 2020 haveria 50 bilhões de dispositivos conectados à internet, agora se acredita que esta cifra é cautelosa", disse à BBC Sara Mazur, diretora de investigação da Ericsson, uma das companhias de comunicações que está liderando o desenvolvimento do 5G. Segundo Mazur, a conexão 4G não aguenta esta demanda de conectividade, pois não foi criada para isto.

Rapidez e capacidade

Quando a Samsung anunciou em 2013 que estava experimentando a conexão 5G a 1 gigabite por segundo (Gbps), a mídia informou que os usuários poderiam baixar um filme em HD em apenas um segundo com esta conexão.Cirurgias realizadas à distância com a ajuda de robôs também seriam facilitadas pelo 5G
Agora, o professor Rahim Tafazolli, que lidera do Centro de Inovação de 5G da Universidade de Surrey, na Inglaterra, acredita que, no futuro, será possível ter uma conexão de dados sem fio a 800 gigas por segundo, o que significa uma conexão cem vezes mais rápida que as conexões 5G que estão sendo testadas atualmente. Uma velocidade de 800 Gbpse equivaleria a baixar 800 filmes em HD em apenas um segundo.
Mas, além de rápida, nossa futura conexão em 5G deverá ter uma capacidade maior. Aumentar a capacidade de uma rede é o equivalente a ampliar uma estrada que passa por um túnel, se uma pista é acrescentada, mais veículos podem passar.
Por isso, com a conexão 5G, se estabeleceriam bandas diferentes de frequência para suportar a demanda.
E este aumento gigantesco da demanda será o resultado do boom de objetos inanimados conectados à internet, ou a internet das coisas.

Não vai cair

Outra característica da internet 5G deverá ser de que esta conexão não poderá falhar. "Terá (o nível de) confiança que atualmente temos com as conexões de fibra ótica", disse Sara Mazur. Os avanços na tecnologia de antenas anunciam o fim dos cortes repentinos neste tipo de conexão e essa característica será essencial para a segurança. Companhias como a Huawei, da China, já estão falando em usar o 5G para permitir a comunicação entre carros sem motoristas e entre esses carros e a infraestrutura que os cerca.
Além do mais, serviços como o transporte inteligente ou as cirurgias à distância, nas quais um médico humano usa remotamente um robô para realizar operações complicadas, dependerão da redução dos períodos de latência, ou seja, os tempos de demora entre ação e resposta. A Ericsson prevê que o período de latência do 5G ficará em torno de um milissegundo, ou seja, será imperceptível ao ser humano e 50 vezes menor que o do 4G.

Preço?

As empresas Ericsson e Huwaei afirmam que, por enquanto, não se sabe o preço da conexão 5G.
Ainda não é possível fazer este cálculo até que comece a fase de desenvolvimento do produto. Mesmo assim, já existem iniciativas para levar os resultados das investigações ao mercado. Na Coreia do Sul, que já foi a pioneira no desenvolvimento do 4G, a Samsung espera poder lançar uma rede temporária para testar o 5G a tempo dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. E a Huawei compete para colocar em prática sua própria versão de conexão 5G em Moscou, durante a Copa do Mundo da Rússia também em 2018. A boa notícia é que, apesar da rivalidade e das quantias gigantescas de dinheiro que estas companhias estão investindo em pesquisa e desenvolvimento, em termos gerais elas estão colaborando para poder oferecer uma conexão em 5G. E isso abre as portas para um desenvolvimento sem paralelo de novas tecnologias.
"Mas isto (vale) até a chegada a conexão 6G, até por volta de 2040", lembrou Rahim Tafazolli, do Centro de Inovação de 5G da Universidade de Surrey.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/12/141204_futuro_conexao_5g_fn

Programação Fim de Ano em Astorga - PR

Brincando com o Cachorro....



19 de nov de 2014

Eleitos novos líderes da Igreja na região norte do Paraná

Pr Ericson
Pr. Ericson Danese

Maringá, PR… Na última terça-feira 11 de novembro, a comissão diretiva da Associação Norte Paranaense definiu o novo líder que ocupará o cargo de Líder Jovem, Desbravadores, Aventureiros, Música e Comunicação do campo. O novo Diretor eleito foi o pastor Ericson Danese que substituirá o pastor Jônatas Rosa, que assume os departamentos de Mordomia Cristã e Saúde da ANP, cargos que era ocupado pelo pastor Cleziomar Dias, que agora continua como Ministerial.

FOTO PR Jonatas
Pr. Jônatas Rosa
Pastor Jônatas Oliveira da Rosa é formado em Teologia pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho, em 2003, e Mestrando em Teologia pela mesma instituição. Atuou na Associação Catarinense como pastor auxiliar em Rio do Sul, distrital em Lageado Baixo, Barreiros (S. José). Também trabalhou Associação Norte Catarinense como pastor da igreja Central de Joinville. Em 2012 foi chamado para liderar os departamentos Jovem, Música, Desbravadores, Aventureiros e Comunicação da Associação Norte Paranaense, onde atuou até então. É casado com a professora Raquel Aline Lopes da Rosa e tem dois filhos, Israel, de seis anos e Éster, de quatro anos.
Pastor Ericson é formado em Teologia pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho, em 2001, e Mestre em Teologia pela mesma instituição. Atuou na Missão Ocidental Sul-rio-grandense como pastor distrital em Cruz Alta, Uruguaiana e Santo Ângelo. Nesta mesma região dirigiu os departamentos de Jovens, Desbravadores, Aventureiros, Comunicação, Música e Mordomia Cristã. E, desde de 2012, atuava na Associação Sul-rio-grandense (ASR), onde já foi departamental de Lar e Família e atualmente dirigia os departamentos de Jovens, Desbravadores, Aventureiros e Música. É casado com a professora Karina Danese e tem dois filhos, Daniele, de oito anos e Andrew de quatro anos. [Equipe ASN, Wendy Almeida]

2 de nov de 2014

Indicadores Econômicos Astorga


IASD Cambira - Pr

Visitei a IASD de Cambira, reencontrei amigos. Que Deus abençoe a todos.

26 de out de 2014

Símbolos Municipais

Brasão de Astorga


Quando surgiu: O atual brasão de Astorga foi adotado em 8 de maio de 1975, através da Lei Municipal nº 632/72-E, a pedido do então prefeito Ricieri Resquetti. A mudança foi feita pois o brasão antigo não enfocava detalhes a respeito de Astorga.

Quem foi o responsável pela sua criação: O brasão foi de autoria do heraldista Prof. Arcinos Antonio Peixoto de Faria, da Enciclopédia Heráldica Municipalista.

O escudo samnítico: Usado para representar o Brasão de Armas de Astorga, foi o primeiro estilo de escudo introduzido em Portugal por influência francesa, herdado pela heráldica brasileira como evocativo da raça colonizadora e principal formadora de nossa nacionalidade.

A coroa mural: É símbolo universal dos brasões de domínio que, sendo de argente (prata), de seis torres, das quais apenas quatro são visíveis em perspectiva no desenho, classifica a cidade representada na terceira grandeza, ou seja, sede de Município a ilumina de goles (vermelho) pelo significado heráldico da cor. Lembra as qualidades próprias dos dirigentes da comunidade.

O metal jalde (ouro) do canto do escudo: É símbolo de glória, esplendor, grandeza, riqueza, soberania.

Em abismo (centro ou coração do escudo): O leão rompante de goles (vermelho) firmado em pala uma espada de argente (prata), das armas da Província de Leon da Espanha, lembra o objetivo da escolha do topônimo "ASTORGA" da cidade espanhola, em homenagem à colônia desse país, visando atrair colonos.

A cor goles (vermelho): Simboliza a dedicação, amor pátrio, audácia, intrepidez, coragem e valentia.

As buzinas de caça, estilo boiadeiro, de sable (preto): Representam no brasão, a pecuária de corte e leiteira, que se destaca na economia do município.

A cor sable (preto): É símbolo de prudência, sabedoria, moderação e firmeza de caráter.

Ao termo (parte inferior do escudo): A asna ou chaveirão de blau (azul) carregada de três abelhas do argente (prata), lembra no brasão o desenvolvimento da sericultura no município.

A cor blau (azul): É símbolo de justiça, nobreza, perseverança, zelo e lealdade e o metal argente (prata) simboliza a paz, amizade, trabalho, prosperidade, pureza e religiosidade.

Em ponta: O galinácio representa no brasão, a avicultura, outra atividade econômica em destaque.

Nos ornamentos exteriores: O café e o milho, apontados os principais produtos oriundos da terra dadivosa e fértil, esteios da economia municipal.

Nos lites de goles (vermelho):
Em letras argentinas (prateadas), inscreve-se a topônimo identificador "ASTORGA".

Bandeira de Astorga

Quando surgiu: A atual bandeira de Astorga foi adotada em 8 de maio de 1975, através da Lei Municipal nº 632/72-E a pedido do então prefeito Ricieri Resquetti. A mudança foi feita pois a bandeira antiga não enfocava detalhes a respeito de Astorga.

Quem foi o responsável pela sua criação: A bandeira foi de autoria do heraldista Prof. Arcinos Antonio Peixoto de Faria, da Enciclopédia Heráldica Municipalista.

Brasão: O brasão, aplicado na bandeira, representa o Governo Municipal.

Triângulo isósceles amarelo: Representa a própria cidade-sede do município - é o triângulo símbolo heráldico da liberdade e fraternidade e a cor amarela simboliza a glória, esplendor, grandeza, riqueza, soberania.

Faixa amarela central carregada de sobre-faixa vermelha: Representa a irradiação do Poder Municipal que se expande a todos os quadrantes de seu território. A cor vermelha é símbolo de dedicação, amor, pátrio, audácia, intrépidos, coragem, valentia.

Faixas externas azuis: Representam as propriedades rurais existentes no território municipal.A cor azul é símbolo de justiça, nobreza, perseverança, zelo e lealdade.

Fonte: http://astorga.pr.gov.br/simbolos.php

23 de out de 2014

Ó Vem! Emanuel!

Hinário Adventista

 Ó, vem, ó, vem, Emanuel,

E salva o aflito Israel
Que chora o exílio em seu viver
Até Jesus aparecer.

CORO:
Cantai! Cantai! Emanuel
Virá a vós, ó Israel!

Sabedoria que é do além,
Ordena tudo aqui também!
O bom caminho, vem mostra;
E como nele sempre andar.

Ó Desejado das nações,
Unidos faze os corações.
Do mundo vem tirar o mal
E dar-lhe a paz celestial.

18 de out de 2014

Publicidade...


Não esqueçam de mudar o horário...



Os mitos e as verdades sobre o ebola

Apesar de uma campanha de conscientização, há mitos sobre a disseminação da doença. Veja abaixo os mais populares - e as explicações verdadeiras.

O vírus se propaga pelo ar, pela água e é contraído através do contato com quem está contaminado.

 O contágio se produz quando os fluidos corporais de um indivíduo infectado toca alguma das membranas mucosas de alguém que não está contaminado.Isso quer dizer que o sangue, o suor, a urina ou as fezes do portador do vírus têm que entrar em contato com os olhos, os orifícios nasais, a boca, os ouvidos, a área genital ou uma ferida aberta para contrair a doença. O contato com lençóis, roupas ou superfícies infectadas pelo vírus também pode causar o contágio, mas apenas se houver algum corte na pele.

É possível ser contaminado por alguém que aparenta estar saudável

É muito improvável que isso aconteça, mesmo se alguém for portador do vírus. A razão é que os sintomas podem demorar até 21 dias para aparecer - período máximo de incubação da doença. E até que os sintomas sejam visíveis, não há contágio. Uma pessoa só pode transmitir a doença se o vírus estiver em seu sangue e secreções.

Não se contrai o vírus através de relações sexuais.

Se um homem tem ebola, o vírus pode estar presente nos seus fluidos corporais, incluindo o sêmen. A Organização Mundial da Saúde acredita que o vírus pode permanecer nos fluidos do indivíduo até sete semanas após o paciente ter se recuperado. Mas outros especialistas sugerem que a doença pode permanecer por até três meses, mesmo se médicos confirmarem não haver partículas virais no sangue.

Alguém que morreu não pode espalhar a doença.

 Embora o indivíduo tenha morrido, o vírus ainda pode estar presente. Por isso, especialistas em epidemiologia temem que a disseminação ocorra em práticas funerárias tradicionais realizadas em alguns países africanos, nas quais parentes ficam em contato direto com os mortos. Nestes casos, a OMS recomenda o enterro imediato e o uso de luvas e roupas de proteção para o indivíduo que manipula o corpo. Recomenda-se, também, o treinamento daqueles que lideram os funerais sobre os procedimentos a serem seguidos para evitar que a infecção se espalhe.

Um paciente pode transmitir a doença, mesmo que ele tenha se recuperado

 Normalmente, apenas as pessoas que têm os sintomas podem espalhar o vírus.No caso de uma mulher grávida que recebeu alta, recomenda-se que ela não amamente o bebê.

Antibióticos, água salgada, leite e cebola crua podem prevenir o ebola.

O consumo destes alimentos não impede a contaminação pelo ebola. Além disso, a ingestão de água salgada - que alguns acreditam que pode curá-los da doença - pode ser perigosa, especialmente em dias quentes. A OMS cita dois casos de pessoas na Nigéria que morreram por essa razão. No momento não há cura para o ebola, mas vacinas estão sendo testadas. Se os testes forem bem sucedidos, profissionais de saúde terão prioridade em receber as injeções.

Você tem que usar produtos antissépticos caros para eliminar o vírus.

Recomenda-se lavar as mãos com frequência, especialmente se você estiver perto de um paciente com o ebola. O álcool em gel pode ser útil, mas se as mãos estiverem visivelmente sujas, é importante lavar com sabão e água limpa, segundo autoridades sanitárias.

Este é o primeiro grande surto de Ebola.

Este é o surto que causou mais mortes, mas não é o primeiro. Segundo a OMS, o vírus foi diagnosticado pela primeira vez em humanos em 1976, no Sudão e na República Democrática do Congo. O surto ocorreu em uma aldeia perto do rio Ebola, daí o nome da doença. Cerca de 500 pessoas foram infectadas e 400 morreram. Desde então, várias cepas do vírus surgiram no continente africano.

Eleições 2014

Caros amigos, pense bem nesse segundo turno. Escolha bem em qual mãos ficará a administração do Brasil.

Horário de verão começa neste domingo

Em meio ao agravamento da situação nos reservatórios das principais hidrelétricas do país, entra em vigor neste domingo (19/10) o horário de verão. A expectativa do governo é que a redução no consumo de energia no período contribua com uma queda de 0,4% no uso da água dessas represas.
A 39ª edição do horário de verão terá duração de 126 dias e terminará no dia 22 de fevereiro. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de dez estados, além do Distrito Federal, terão que adiantar os relógios em uma hora.

8 de out de 2014

Faça uma adoção...


IASD Munhoz de Melo

Após alguns anos estarei voltando a IASD Munhoz de Melo, que Deus abençõe a todos irmãos dessa Igreja.

16 de set de 2014

Aparelho contra tabagismo é licenciado como remédio no Reino Unido

Um inalador de nicotina que se parece muito com um maço de cigarro tornou-se o primeiro produto do tipo a ser licenciado como medicamento no Reino Unido. Isso permite que o Voke seja prescrito a pacientes que desejam parar de fumar. Ele ainda não está disponível, mas pode vir a ser vendido nos próximos meses.
Uma série de inaladores de nicotina, sprays, adesivos e chicletes já podem ser prescritos, mas este é o primeiro aparelho feito para imitar um cigarro que é licenciado pela Agência Reguladora de Produto Médicos e de Saúde (MHRA, na sigla em inglês). Segundo a organização Action on Smoking and Health (ASH), isso abre caminho para que cigarros eletrônicos também sejam licenciados nesta categoria de produtos de saúde. Por enquanto, nenhum cigarro eletrônico foi licenciado como medicamento, apesar de sua crescente popularidade. Ainda não se sabe o quão seguros eles são, apesar de haver um consenso entre especialistas de que geram menos danos do que fumar tabaco.

Sem cinzas ou fumaça

O novo inalador não produz cinzas ou fumaça e não envolve a combustão ou o aquecimento de alguma substância. Também não é eletrônico e, por isso, não requer uma bateria para funcionar. O usuário deve apenas inalar seu conteúdo. Deborah Arnott, diretora da ONG Ash, vê a decisão da MHRA de forma positiva.
"Esta nova alternativa permitirá que fumantes escolham um produto que está dentro dos mais alto padrões regulatórios para medicamentos", disse ela. No entanto, uma porta-voz da Associação Europeia de Saúde Pública alertou que estes produtos não podem ofuscar outras medidas de combate ao fumo. "Apoiamos a regulamentação como medicamento de todos os aparelhos de nicotina, mas a recente publicidade dada a eles pode desviar a atenção de formas mais efetivas de reduzir o número de fumantes, como a padronização de embalagens de cigarros e aumentos de preços."

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/09/140912_aparelho_nicotina_tabagismo_rb.shtml

Dicas de Portais para Campori

Algumas dicas para os portais no campori: